Revista C&N – Fusion – Certificação – Packing House

A certificação do produto, há pouco tempo, simbolizava apenas uma tendência ou um estado de alerta para atender às expectativas do mercado internacional. Hoje, é o passaporte para a inserção das frutas brasileiras no mercado global. As certificações que utilizam os conceitos das Boas Práticas Agrícolas (BPA) se tornaram um requisito básico para exportar e   comercializar nas principais redes varejistas do País.

O aumento da preocupação com resíduos e contaminações nos alimentos, com impacto ambiental e social na produção agrícola, resulta na necessidade dos produtores se adaptarem a sistemas de produção que sejam capazes de corresponder e atender a essas novas exigências do mercado consumidor global. 

Após alguns anos, essa tendência se confirmou – é uma realidade nas principais empresas exportadoras de frutas brasileiras e já começa a ser difundida também para os produtores que comercializam sua produção no Brasil.

O grande mote foi o aumento das exigências dos principais importadores de frutas do mundo quanto à segurança do alimento desde a lavoura até o consumidor final, como a Europa, os Estados Unidos Canadá e agora a China.

E é neste cenário onde a Pomartec vem se tornando cada vez mais parceira dos produtores de frutas, e ajudando tanto as empresas que já são certificadas e exportam, quanto empresas que buscam as adequações aos protocolos das principais certificadoras para iniciarem as suas exportações. Assim, se torna indispensável para as empresas que precisam atender aos protocolos de BPA, tanto para os mercados interno quanto externo.

Fonte da matéria: Revista Campo e negócios

Deixar uma resposta